Fiquem conectados conosco

Política

Eleições: WhatsApp e TSE criam canal para denunciar disparo de mensagens em massa

A ação foi expressamente proibida pela Justiça Eleitoral.

Avatar

Publicado

-

Foto: Hyago Cerqueira/Destaque1

Para evitar que a divulgação das chamadas fake news tome grandes proporções nas eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alerta o cidadão para o seu papel fundamental de denunciar irregularidades no processo eleitoral.

Por isso, o WhatsApp criou um canal específico com o TSE para diálogo e denúncias. Pela primeira vez, nas eleições deste ano, o disparo de mensagens em massa foi expressamente proibido pela Justiça Eleitoral na norma sobre propaganda eleitoral.

Essas mensagens são, geralmente, impessoais e costumam trazer conteúdo alarmista ou com acusações. Os termos de uso do WhatsApp também não permitem a prática. Nesse sentido, foi criado um formulário online disparo de mensagens em massa.

UNIÃO 1
UNIÃO 2
UNIÃO 3
CAMAÇARI CARD

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.