Diretor da Casa Civil e engenheiro, Alexandre Lopes é o novo presidente do Inep

Com a saída do delegado da Polícia Federal (PF), Elmer Coelho Vicenzi, do cargo de presidente do Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais (Inep), órgão responsável pela organização do Enem, o Ministério da Educação (MEC) anunciou o engenheiro químico, Alexandre Ribeiro Pereira Lopes como o novo presidente da entidade.

O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (17), após a demissão de Vicenzi nesta quinta (16). Em cinco meses, quatro pessoas já ocuparam a presidência do Inep, Lopes será o quarto presidente da instituição no Governo Bolsonaro. Anteriormente ocuparam o cargo, além de Elmer Vicenzi, Maria Inês Fini e Marcus Vinicius Rodrigues.

O último presidente teria sido demitido por, supostamente, ter negado acesso ao ministro Abraham Weintraub a dados sigilosos de estudantes. No entanto, o MEC afirma que a demissão foi “a pedido”. O delegado ocupava a cadeira há 24 dias.

Alexandre Lopes exercia a função de diretor legislativo da secretaria executiva da Casa Civil. Ele é servidor público da carreira de analista de comércio exterior desde 1999, graduado em engenharia química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em direito pela Universidade de Brasília (UnB).

Além disso, Lopes foi secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização e subsecretário de Políticas Públicas do Governo do Distrito Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.