Fiquem conectados conosco

Geral

Dias d’Ávila: com atividades culturais e esportivas, CEU deve atender cerca de 2 mil pessoas por mês

Camila São José

Publicado

-

Localizado no bairro da Varginha, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) em Dias d’Ávila foi inaugurado nesta segunda-feira (25), dia em que o município comemora os seus 34 anos. O equipamento construído com recursos do Governo Federal teve investimento de aproximadamente R$ 2,2 milhões.

Jacimar Santana, coordenadora do CEU. Foto: Hyago Cerqueira

O CEU deve atender, além da população da Varginha, moradores dos bairros de Jacumirim, Lessa Ribeiro, Santa Helena, Lama Preta e Cristo Rei. Com isso, a coordenadora do espaço, Jacimar Santana, estima atender cerca de 2 mil pessoas por mês.

“Vamos combater a violência, a vulnerabilidade. Além da vulnerabilidade, tem a questão da intervenção, a gente vai com certeza suplementar artistas aqui do bairro, pessoas que podem estar trabalhando na questão cultural e com certeza grandes talentos vão ser descobertos aqui a partir dessa praça. Eu tenho certeza”, comenta Jacimar.

As inscrições para os cursos devem iniciar já nesta terça-feira. Segundo a coordenadora o grupo gestor ainda irá definir o regimento interno e o estatuto para regularizar as matrículas e atividades.

Foto: Hyago Cerqueira

O equipamento será administrado pela Secretaria de Esporte e Lazer e o secretário Marinho informa que o CEU terá aulas gratuitas de informática, teatro, balé, zumba, skate e outras atividades esportivas, mais exibição de produções audiovisuais e serviços do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Marinho, secretário de Esporte e Lazer de Dias d’Ávila. Foto: Hyago Cerqueira

“Nosso interesse aqui é fazer com que a comunidade se sinta dona. Tanto que a praça CEU é uma praça totalmente aberta, sem grades, sem muros, porque a intenção é que a comunidade abrace e para isso foram feitas várias oficinas antes, conversamos com eles, vimos as necessidades deles, o interesse que eles tinham sobre a questão, quais atividades deveriam ser realizadas aqui. Então, foi a comunidade que decidiu isso”, pontua o titular.

O CEU tem ainda parque infantil, biblioteca, pista de skate, quadra poliesportiva, academia ao ar livre, pista de caminhada, bicicletário e um anfiteatro.

“É bom, ficou bonito aqui. Eu gostei de tudo”, fala a gari Maria de Lurdes, 47 anos, moradora da Varginha. Assim como Lurdes, a professora Elen Leide, 36 anos, acredita que o espaço será uma alternativa de lazer para as famílias que residem no bairro. “Eu estou gostando. Agora é ver se a população vai cuidar. Faltava isso para os jovens”, diz.

“Gostei, ficou muito bom. Gostei mais da quadra e a gente tem muitas opções agora. Está maravilhoso”, comenta o pequeno Gabriel Vitor, 13 anos, que conta que antes era possível jogar bola apenas no campo em frente ao CEU.

Depois de 10 anos as obras do Centro foram concluídas. A construção começou em 2009, ainda na gestão da ex-prefeita Andréia Cajado Sampaio (DEM).  “Eu fui cinco vezes para Brasília para reaver o projeto”, conta a prefeita Jussara Márcia (PT). E agora, com a entrega do equipamento, a petista defende que este será também um espaço dedicado à juventude.

Prefeita Jussara Márcia (PT). Foto: Hyago Cerqueira

Além da prática esportiva, o CEU é responsável por abrigar o primeiro anfiteatro de Dias d’Ávila. Até então as apresentações culturais aconteciam apenas na Câmara de Vereadores. “Agora a gente pode dizer que a gente vai ter um espaço a mais para se apresentar e também para ter ensaios”, destaca a atriz da companhia de teatro Os Armengueiros, Ericka Saldanha, ao defender que o acesso à cultura e ao teatro poderá ser capaz de transformar a vida de muitos moradores da comunidade.

“Não é um ato político simplesmente, é um ato de amor. O jovem quando vê um espaço desse, seja para teatro, arte, poesia, se sente dignificado. O que eu puder fazer como artista, como cidadão para abrilhantar esse espaço, eu vou fazer”, declara o ator Alberto Damite, responsável por encarnar a Professora Altamira.

Porém, a prefeitura adianta que em breve Dias d’Ávila deverá ganhar um teatro. O equipamento integra o projeto Parque do Imbassay, no local onde hoje é realizado o São Pedro. Logo depois do carnaval, a ordem de serviço para início das obras deverá ser assinada.

Foto: Hyago Cerqueira

O CEU ainda contará com cursos ligados a área do artesanato, a exemplo da oficina de renda de bilro, a ser ministrada por rendeiras da Associação das Rendeiras de Dias d’Ávila (Rendavan), que há nove anos trabalham com o segmento na cidade.

“Esse projeto vem contribuir com o nosso objetivo que é difundir a arte da renda de bilro em Dias d’Ávila, não deixar morrer essa arte e ter a valorização social”, ressalta a presidente-fundadora da Rendavan, Dionélia Trindade. No local as rendeiras também irão comercializar os produtos.

UNIÃO 1
UNIÃO 2
UNIÃO 3
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.