Dados da FGV indicam que os brasileiros estão mais confiantes com a situação financeira do país

Os brasileiros estão cada vez mais otimistas. Dados da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostram que o Índice de Confiança do Consumidor alcançou 96,6 pontos, o maior nível desde fevereiro de 2014, quando estava em 97,3 pontos.

Segundo a pesquisa da instituição, o indicador cresceu 3,6 pontos frente a dezembro e oito pontos comparados a janeiro do ano passado.

“O ano de 2019 começa com boas notícias sobre a ótica dos consumidores. A recuperação da confiança nos últimos quatro meses é reflexo de perspectivas mais otimistas sobre a economia”, afirmou a coordenadora da Sondagem do Consumidor,  Viviane Seda Bittencourt.

A coordenadora explicou que o otimismo tem sido impulsionado pela recuperação financeira das famílias, melhora do mercado de trabalho e da inflação. Viviane afirmou que a expectativa é de que o cenário continue favorável. “Aos poucos, os consumidores começam a perceber a melhora do mercado de trabalho, ajustar seu orçamento doméstico e reduzir o nível de endividamento”, disse.

Ainda de acordo com a pesquisa, os consumidores estão mais otimistas tanto com o cenário atual quanto com a perspectiva para os próximos meses. As famílias com renda de até R$ 2,1 mil foram as que registraram maior crescimento de otimismo.

*Com informações da Fundação Getúlio Vargas 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.