Fiquem conectados conosco

Saúde

Coronavírus: seis de 12 casos suspeitos na Bahia já foram descartados; uma pessoa em Camaçari é monitorada

Patrick Abreu

Publicado

-

Na Bahia foram registrados 12 casos suspeitos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Os municípios são: Camaçari, Jequié, Tucano, Itabuna, Jacaraci e Salvador. Seis casos já foram excluídos por não se enquadrarem nos critérios do Ministério da Saúde, quatro foram descartados laboratorialmente e outros dois estão em análise.

De acordo com a Secretaria da Saúde de Camaçari, apenas um residente do município está em investigação com suspeita do vírus. O caso ainda é uma suspeita e não tem nenhuma confirmação. A pessoa está sendo monitorada em virtude de apresentar sintomas respiratórios e ter viajado para um país europeu nos últimos 14 dias.

Confira na íntegra os comunicados oficiais das secretarias de Saúde de Camaçari e do Estado:

 

Nota da Sesau de Camaçari sobre coronavírus

A Secretaria da Saúde (Sesau) de Camaçari informa que um residente do município está em investigação para o novo coronavírus (COVID-19). O caso ainda é uma suspeita e não tem nenhuma confirmação. A pessoa está sendo monitorada em virtude de apresentar sintomas respiratórios e ter viajado para um país europeu nos últimos 14 dias.

Todas as medidas preventivas estão sendo tomadas conforme protocolo do Ministério da Saúde, até a conclusão do exame laboratorial para confirmar ou não o vírus, visando não apenas o acompanhamento do caso, mas também a promoção da saúde desse residente de Camaçari.

A Sesau, através da Vigilância Epidemiológica, vem se mantendo em alerta para a identificação de casos suspeitos do novo coronavírus, e diante da notificação de pessoa que viajou para países onde está acontecendo à transmissão da doença, dá início imediato aos procedimentos de investigação e acompanhamento, que incluem visitas à residência e aos serviços de saúde onde a pessoa foi atendida, orientação quanto a medidas de prevenção e de controle da transmissão da doença (como uso de máscaras, mesmo no próprio domicílio, cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao espirrar ou tossir, intensificação da lavagem das mãos, e não compartilhamento de objetos de uso pessoal), coleta de amostras para exames no laboratório central do estado e outras medidas.

É importante que todos adotem hábitos que evitem a transmissão de doenças gripais, como a causada pelo coronavírus e outras doenças respiratórias, como a pneumonia:

– evitar, sempre que possível, o contato próximo (a menos de 2 metros) com pessoas que apresentem sintomas de gripes e resfriados;

– lavar as mãos frequentemente, especialmente depois do contato com pessoas doentes e antes de se alimentar;

– cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

– evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, se não estiver de mãos lavadas;

– não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

– manter os ambientes bem ventilados;

– evitar aglomerações quando estiver doente.

É importante que as pessoas que apresentem sintomas gripais (como febre, dor de garganta, tosse e espirros) e tenham viajado nos últimos 14 dias para países de monitoramento de casos suspeitos (Alemanha, Austrália, Emirados Árabes Unidos, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Camboja, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Japão, Singapura, Tailândia e Vietnã), procurem atendimento médico e informem do seu deslocamento em viagem. 

Nota Sesab: Coronavírus

De janeiro até meio-dia desta quinta-feira (27), a Bahia registrou doze casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus (Camaçari, Jequié, Tucano, Itabuna, Jacaraci, Salvador). Destes, seis já foram excluídos por não se enquadrarem nos critérios do Ministério da Saúde, quatro foram descartados laboratorialmente e outros dois estão em análise.

Estes números são atualizados diariamente ao meio-dia, o que significa que cinco casos de Salvador, um de Feira de Santana e um de Porto Seguro ocorreram posteriormente ao fechamento do banco de dados na data de hoje. Destes cinco casos registrados em Salvador, dois deram entrada no HGE, no entanto, preliminarmente estão sendo descartados por não se enquadrarem nos critérios clínicos epidemiológicos. Os demais casos estão sendo investigados pelos órgãos municipais e estadual de vigilância.

A Secretaria da Saúde do Estado ainda destaca que o caso divulgado como suspeito pelo Ministério da Saúde será retificado. O caso já foi descartado.

É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades primárias de atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de duas amostras, que serão encaminhadas com urgência para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Uma das amostras será enviada para a Fiocruz Rio de Janeiro.

Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito.

A fim de ampliar as medidas de prevenção contra infecções virais como Coronavírus, H1N1, H3N2 e Influenza B, o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, vem se reunindo com segmentos empresariais e da sociedade civil para sensibilizar sobre a importância da higiene regular das mãos e ratificar a necessidade de cumprimento da Legislação Estadual nº 13.706/2017, que determina a disponibilização de dispensadores de álcool gel por parte de estabelecimentos comerciais que prestam serviços diretamente à população.

Leia também

Cadastramento do transporte universitário começa segunda-feira

Projeto Samba na Praça faz apresentação hoje no Boulevard Shopping

Aplicativo ‘Vai dar Praia’ reúne informações sobre qualidade das praias do litoral baiano

UNIÃO 1
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.