Com investimento de R$ 700 mil, 1º Edital de Cultura de Camaçari abre inscrições para artistas locais

Foi lançado nesta quarta-feira (17), pela Prefeitura de Camaçari através da Secretaria de Cultura (Secult), o 1º Edital de Cultura da cidade. A audiência pública de ponto de partida realizada hoje na Câmara Municipal esclareceu dúvidas sobre o edital e reuniu diversos artistas do município.

Representantes de ONGs e do Projeto Tamar de Arembepe fizeram parte do encontro que contou ainda com as apresentações artísticas do Grupo de Ballet, do professor de dança, Alef Paixão e o Coral da Cidade do Saber.

Entre os presentes, o técnico de turismo e membro do conselho de cultura, Joilson Lázaro, afirma que “a cidade precisa de novas ideias. Camaçari é muito rica de talentos e isso infelizmente está se perdendo. Essa é uma oportunidade de resgate da cultura e oportunidade de reconhecimento dos artistas que precisam e merecem ser reconhecidos”.

Além de Lázaro, Máximo Ferreira, popularmente conhecido como DJ Maximus também ressalta a importância e expectativa do edital. “Eu acredito nesse conselho de cultura e nesse edital. É algo que os artistas merecem,” diz o DJ.

A secretária de cultura,  Márcia Tude, ressalta a importância de manter vivo os incentivos à cultura na cidade.  “Esse lançado é um marco histórico para a cidade de Camaçari. A cultura é algo químico e biológico, uma transformação pessoal. Temos R$ 700 mil para investir nesses artistas. Esse edital faz parte do programa Cultura Todo Dia, uma iniciativa de levar o acesso à cultura à toda comunidade”, afirma a secretária.

O financiamento é do Fundo Municipal de Cultura (FMC). O edital conta com R$ 700 mil para investir nos projetos inscritos pelos artistas locais.

Quaisquer artistas que queiram se inscrever  e que estejam dentro das normas do edital devem comparecer à Secult, na Cidade do Saber, até o dia 3 de dezembro, de 9h às 12h. Porém vale ressaltar que podem participar pessoa física ou jurídica, desde que não seja funcionário ou vinculado à Secretária de Cultura, ocupante de qualquer cargo comissionado do município ou que esteja em débito com a Fazenda Pública Municipal.

Confira o regulamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.