Com investimento de R$ 5,7 milhões, Sala do Empreendedor em Camaçari deve ser inaugurada em dois meses

Integrante do programa Hub de Negócios, a Sala do Empreendedor, instalada na Casa do Trabalho, em Camaçari, tem o intuito de auxiliar os pequenos e microempreendedores do município. O equipamento está onde funcionava o gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec). A iniciativa é fruto do convênio e investimento firmado entre o governo municipal e o Sebrae no valor de R$5,7 milhões.

Ainda não há data definida para inauguração, mas a Sedec prevê a entrega da estrutura para o início do mês de abril. “O trabalho é diário para finalizar esse grande projeto, que é a Sala do Empreendedor. Esse equipamento abrirá muitas portas para quem deseja criar e alavancar seu próprio negócio”, destacou o titular da pasta, Waldy Freitas.

De acordo com a administração municipal, a meta também é desburocratizar e facilitar a abertura de uma empresa de baixo risco em até 30 minutos. “Com esse equipamento alinhado ao programa Hub de Negócios, Camaçari entrará no patamar de município empreendedor e o cidadão poderá usufruir gratuitamente de toda assessoria técnica, contábil, jurídica e de comunicação”, destacou o prefeito Elinaldo Araújo (DEM).

“Conforme solicitação do prefeito, montamos um formato direcionado para atender o setor industrial, de investimento, turismo e de acompanhamento e orientação para o microempresário, o que promete alavancar as vendas desse extenso público da sede e costa de Camaçari”, ressaltou Roberto Maciel, consultor do Sebrae.

Além da Sedec, a Sala do Empreendedor é uma ação conjunta das secretarias da Fazenda (Sefaz), do Desenvolvimento Urbano (Sedur) e da Saúde (Sesau), através Vigilância Sanitária. No local, os pequenos e micro empresários da cidade terão acesso a todas as plataformas da Prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.