Fiquem conectados conosco

Geral

Camaçari: em clima tenso, servidores públicos aprovam proposta de reajuste do governo

Camila São José

Publicado

em

Reunidos no pátio em frente à Prefeitura de Camaçari, na manhã de hoje (10), servidores públicos municipais colocaram em votação a proposta de reajuste salarial apresentada pelo governo, que deve chegar a quase 20%. O aumento foi aprovado pela maioria e um clima de protesto tomou conta da assembleia, quando parte da categoria rejeitava a proposta e pedia a saída do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Camaçari (Sindsec), Silval Cerqueira.

A gestão Elinaldo propõe o aumento salarial de 14,42%, sendo este percentual a soma do reajuste de 10,67% – concedido em 2016 aos professores – mais o índice inflacionário de 2018, de 3,75%, mais a inflação de 2020, que será definida pelo IPCA. O IPCA de 2019, que servirá de base para os reajustes no próximo ano, deverá ficar em aproximadamente 4%.

O percentual de 10,67% será pago em quatro parcelas iguais de 2,67%, nos meses de julho e novembro de 2019, e abril e julho de 2020. O índice inflacionário de 2018, que correspondente a 3,75%, será dividido em duas parcelas aproximadas de 1,88%, que será aplicado também sobre a base salarial de junho de 2019, e pagas nos meses de julho de 2019 e julho de 2020.

Em nota, a Prefeitura afirma que “o parcelamento representa a única forma viável, economicamente, do município conceder o aumento”.

Foto: Hyago Cerqueira

Para o servidor Joelmir Santos Lima, “isso é um golpe armado pelo Sindsec e pela Prefeitura de Camaçari, que não querem conceder o retroativo de quatro anos”, protestou, ao dizer ainda que não houve uma conversa com a categoria para apresentar a proposta. “Já vieram decididos e levantaram a mão”, falou. “Os servidores públicos efetivos de Camaçari são contra essa proposta, quem votou aqui hoje foram os comissionados. E esse percentual de 10,67% nem vai incidir sobre o salário deles”, complementou.

De acordo com Lima, servidor público há 7 anos, o pátio da prefeitura não era um local adequado para fazer a assembleia já que é difícil controlar a votação e a presença. “Esse local não é indicado para fazer nada. Tinha que fazer essa assembleia em local fechado, com controle na portaria de quem vai votar”, enfatizou. Ponto defendido também por Carlos Levi, servidor público de Camaçari desde 2010. “Tinha que ser feita em espaço fechado para controlar a votação”.

Além disso, Joelmir Santos Lima pontua que o reajuste estipulado pelo Governo Municipal “não compreende nem as perdas que os servidores tiveram ao longo dos anos”. A data base de vencimento da categoria é no mês de janeiro e conforme alguns servidores o ideal seria a concessão do reajuste levando em conta os retroativos desde 2016 e os percentuais de 10,67% daquele ano, 6,48% de 2017 e 2,59% de 2018, mais os índices referentes a esse ano.

“O presidente [Silval Cerqueira] manobrou. A gente vai abrir mão de R$ 27 milhões de retroativo? Isso sem 13º, férias e os benefícios que os servidores têm direito, somente sob o salário base”, disparou Carlos Levy. O servidor entrou com uma petição no Ministério Público do Estado da Bahia (MP – BA), pedindo o cancelamento da assembleia do dia 21 de março de 2019, na qual teria sido apresentada a proposta do governo, por ter sido feita em local aberto, sem controle de presença e votação, e se aviso prévio. Além da suspensão da assembleia desta quarta-feira, pelo mesmo motivo.

Levy destaca que já existe uma ação na Justiça contra a administração municipal para o pagamento devido do reajuste referente a 2016, e em 27 de abril de 2018 foi determinada a quitação, a Prefeitura teria recorrido e perdeu a ação descumprindo o que foi decidido judicialmente. “Quando os professores ganhavam acima da inflação, a gente só recebia a inflação”, afirmou.

Porém, houve quem concordasse com o reajuste prometido pelo prefeito Elinaldo Araújo (DEM). “Para todo mundo era melhor aceitar isso aí, melhor do que nada. São seis anos sem aumento. Infelizmente não tivemos outra opção”, disse uma servidora que não quis se identificar. “Em 2016 se tivesse aceitado, que a proposta inclusive era melhor, não teria chegado a essa situação”, completou.

Alberson Costa comemorou a aprovação e disse que é uma vitória da categoria. Foto: Hyago Cerqueira

“Hoje o servidor saiu vitorioso, onde o prefeito reconheceu nossas dificuldades e cumpriu o que prometeu, os 10,67%. Hoje o servidor está em festa. Só que ele foi além, dobrou”, comemorou o auditor fiscal, Alberson Costa.

Também em nota, a Prefeitura de Camaçari garantiu que a concessão do aumento se deu por conta da contenção de gastos, eliminação de desperdícios e otimização dos recursos de impostos. “Não haverá cortes  dos investimentos e na manutenção da máquina. Teremos apenas novos ajustes internos dentro do nosso programa de modernização da gestão, já em curso na atual administração”, pontou o secretário da Fazenda, Joaquim Bahia, ao reconhecer que o reajuste “é um aumento represado por ter sido judicializado”.

Aos gritos de golpista, ditador e exigências de renúncia, o presidente do Sindsec, Silval Cerqueira, saiu do local com seguranças e a reportagem do Destaque1 não conseguiu uma posição do mesmo. Os servidores pedem a saída dele do cargo e a realização de novas eleições. Uma ação já tramita no Ministério Público do Trabalho (MPT) solicitando a intervenção no sindicato.

Servidores protestaram contra o presidente do Sindsec, Silval Cerqueira. Foto: Hyago Cerqueira

 

Publicidade
Camaçari21 segundos atrás

Em apenas seis dias, Defesa Civil atendeu 63 ocorrências em Camaçari

Mata de São João31 minutos atrás

Shopping Galeria irá funcionar a partir de junho em Mata de São João

Emprego1 hora atrás

Prefeitura de Mata de São João convoca técnicos de enfermagem

Política1 hora atrás

Tagner requisita expansão do sinal da TV Câmara Camaçari

Política2 horas atrás

Câmara vai debater volta às aulas em audiência pública

Política2 horas atrás

Júnior Borges defende revitalização da Fonte da Barrica, antiga Fonte de Jauá

Política2 horas atrás

Câmara de Camaçari agenda para maio audiência pública para debater o transporte público

Saúde4 horas atrás

Novo programa do governo municipal atende população em situação de rua

Política4 horas atrás

Em conjunto, Tagner e Dilson solicitam revitalização de praça na Lama Preta

Política4 horas atrás

Val Estilos quer inclusão das baianas de acarajé da costa no programa de cestas básicas durante a pandemia

Política5 horas atrás

Deni de Isqueiro requer construção de passarela na região da Prefeitura Avançada da Costa

Política5 horas atrás

Herbinho e Jamessom indicam requalificação da Avenida Acajutiba

Brasil6 horas atrás

Caixa paga hoje auxílio emergencial para nascidos em abril

Política6 horas atrás

Flávio Matos pede inclusão de agentes de limpeza no grupo prioritário de vacinação

Camaçari6 horas atrás

Rede municipal inicia ano letivo de 2021; confira calendário de aulas

Bahia7 horas atrás

Governo da Bahia volta a autorizar eventos com até 50 pessoas

Saúde21 horas atrás

Sesau registra mais 11 mortes por Covid-19 em Camaçari

Geral21 horas atrás

Novo decreto autoriza reabertura de praias em Mata de São João

Camaçari24 horas atrás

Sedur remove 15 barracos irregulares no Morro da Manteiga

Camaçari1 dia atrás

Sepultamentos no Cemitério Jardim da Eternidade são suspensos devido à superlotação

Brasil1 dia atrás

Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina hoje

Saúde1 dia atrás

Camaçari se aproxima dos 19 mil casos confirmados de coronavírus

Saúde1 dia atrás

Sesau realiza atualização de cadastro do SUS nos Residenciais Algarobas

Educação1 dia atrás

Seduc inicia nova etapa de entrega do Vale Merenda em Camaçari

Brasil1 dia atrás

Receita adia prazo para entrega da Declaração de Imposto de Renda

Bahia1 dia atrás

Toque de recolher é prorrogado em toda a Bahia; eventos e aulas presenciais continuam proibidos

Brasil1 dia atrás

Novas regras de trânsito começam a valer hoje; saiba o que mudou

Geral1 dia atrás

Dias d’Ávila adota novas medidas no plano de retomada das atividades econômicas

Saúde21 horas atrás

Sesau registra mais 11 mortes por Covid-19 em Camaçari

Segurança1 dia atrás

RMS: Após perseguição policial, mais de 260 kg de maconha são encontrados em caminhonete

Brasil6 horas atrás

Caixa paga hoje auxílio emergencial para nascidos em abril

Camaçari24 horas atrás

Sedur remove 15 barracos irregulares no Morro da Manteiga

Camaçari1 dia atrás

Sepultamentos no Cemitério Jardim da Eternidade são suspensos devido à superlotação

Lauro de Freitas1 dia atrás

Suspeito de assediar mulheres em Lauro de Freitas é preso nu em flagrante

Emprego1 dia atrás

SineBahia Dias d’Ávila está com vagas abertas para auxiliar de logística e estoquista

Geral21 horas atrás

Novo decreto autoriza reabertura de praias em Mata de São João

Política5 horas atrás

Herbinho e Jamessom indicam requalificação da Avenida Acajutiba

Política5 horas atrás

Deni de Isqueiro requer construção de passarela na região da Prefeitura Avançada da Costa

Bahia7 horas atrás

Governo da Bahia volta a autorizar eventos com até 50 pessoas

Saúde4 horas atrás

Novo programa do governo municipal atende população em situação de rua

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. _____________________________

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.