Camaçari avança na pauta social, por Cleiton Pereira

Dos mais críticos aos mais “desconectados” do universo político da cidade é indiscutível que a gestão do prefeito Elinaldo Araújo (DEM) avançou muito na pauta das políticas públicas voltadas para o social, quebrando assim um paradigma de que a pauta social era exclusiva de partidos e governos de esquerda. O que é, sem sombra de dúvidas, uma grande conquista do governo Elinaldo.

Apesar das dificuldades encontradas nos primeiros anos de governo, em que a gestão do prefeito Elinaldo teve que lidar com problemas de orçamento, que o forçou a adotar uma linha de austeridade financeira nos gastos públicos, o novo governo vem superando as expectativas quando o assunto é política social.

Grupos e pessoas com maior vulnerabilidade social entraram no foco da nova gestão, que se debruçou para planejar projetos e programas que minimizassem o sofrimento vivido por centenas de cidadãos camaçarienses, na Sede e Costa do município. O poder executivo municipal, através de três secretarias em especial, já efetivou cinco programas que estão colaborando para melhorar a vida de pessoas de baixa renda e, que também, dão suas contribuições a sociedade através de atividades profissionais.

O marco desses avanços veio pelo programa ‘Casa Melhor’, consolidado pela Secretaria de Habitação (Sehab), comandada pelo secretário e vereador licenciado Júnior Borges (DEM), que consiste em reformar a casa de famílias em condições de vulnerabilidade social, que tenham idosos, pessoas com deficiência e/ou mulheres como responsáveis pelo imóvel, com renda familiar igual ou inferior a três salários mínimos vigentes, com a residência regularmente cadastrada na prefeitura. A reforma física destas residências vai muito além do bloco e cimento, restaurando a dignidade de homens, mulheres e crianças que podem contar com uma casa mais agradável e confortável para passar seus dias.

Outro avanço bastante significativo são os programas ‘Mais Agricultura’ e ‘Mais Pesca’, lançados e efetivados pela Secretaria de Agricultura e Pesca (Sedap), que é liderada pelo secretário, também vereador licenciado, Antônio Falcão (DEM). Enquanto o primeiro programa (Mais Agricultura) consiste em fomentar a agricultura familiar, a partir da compra da produção agrícola local, beneficiando mais de 2 mil famílias, com investimentos na ordem de 1 milhão anualmente, cujos alimentos serão distribuídos para mais de 30 entidades socioassistenciais do município, entre creches, escolas, abrigos, CRAS e CAPS. Por sua vez, o ‘Mais Pesca’ é uma importante ferramenta de auxílio a pescadores artesanais e marisqueiros de nossa cidade, que agora podem contar com além de incentivos financeiros, também passam por processo de capacitação e modernização da mão de obra, durante todo o ano, não somente em período de defeso, como era antes. O incentivo pago a estes profissionais alcançam o valor de até 40% do salário mínimo, pago mensalmente, para arcarem com suas despesas.

Estes programas estão sincronizados com as ações desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), dirigida pela advogada Andréa Montenegro, que também lançou dois programas importantíssimos para a população, que são o ‘Mão Amiga’ e o ‘Bolsa Social’. Ambos os programas beneficiam, diretamente, o público do município que mais necessita de ajuda do poder público. Os benefícios do ‘Mão Amiga’ vão desde a emissão gratuita de documentos, doação de cestas básicas, distribuição de ‘vale gás’, auxílio enxoval, aluguel solidário e outras benesses as famílias de baixa renda residentes em Camaçari. A Sedes também está melhorando as estruturas físicas e humanas de seus Centros de Atendimento, a exemplo do Centro POP (Centro Especializado para População em Situação de Rua), que foi reinaugurado para atender as pessoas que moram nas ruas, vulneráveis a todos  os tipos de enfermidades físicas e psíquicas, para acolhê-las e reinseri-las no convívio social.

Como foi dito desde o início, é indiscutível a existência de tais avanços sociais nesta área para o município, que ganha muito ao focar em projetos e programas para cuidar de seu povo mais carente. Deste modo, o governo, apesar de críticas em outras áreas, já consolidou uma marca de compromisso e atenção com a pauta social, que segue avançando.

*Cleiton Pereira é camaçariense, agente de trânsito, consultor de trânsito e transporte, com especialização em gestão de trânsito e transporte, graduando em Segurança Pública, ex-chefe de gabinete da Superintendência de Trânsito e Transporte Público, e ex-presidente da Juventude do Democratas em Camaçari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.