Camaçari: Angélica Bittencourt perde comando do PP para Fabio Lima

O Partido Progressista tem novo comando em Camaçari. A legenda sai das mãos da empresária Angélica Bittencourt e vai para o administrador e pré-candidato a prefeito, Fabio Lima.

No PP, o político que tiver melhor desempenho na última eleição tem a prerrogativa de indicar a direção do partido. Apoiado por Fabio Lima, o deputado estadual Niltinho obteve 3.589 votos, já a candidata a deputada estadual Angélica Bittencourt ficou com 3.050 votos, e o deputado federal apoiado por Bittencourt, Claudio Cajado, teve 810 votos.

Deste modo, Niltinho indicou Fabio Lima para presidir o PP em Camaçari. “Trata-se de uma mudança natural. Estamos tendo todo o cuidado para manter os nomes que já estão no partido. Na política é preciso unir e não espalhar”, afirmou o deputado ao Destaque1, nesta quarta-feira (14).

Niltinho (PP), deputado estadual

Niltinho ainda reforçou a pré-candidatura a prefeito de Fabio Lima. “Já está certo, definido, alinhado com o presidente e vice-governador João Leão, com o deputado Cacá Leão. Até o governador Rui Costa já perguntou por Fabio, porque ele acompanha, está vendo as pesquisas e sabe que Fabio está bem posicionado, não tem desgaste, nunca foi prefeito, vamos ganhar a eleição”, enfatizou.

Filiação

De acordo com o deputado, devido ao quadro de saúde do vice-governador o ato de filiação de Fabio Lima ao PP precisou ser adiado, mas o político garantiu que o evento deve ocorrer até setembro. “Vamos fazer um grande ato com a presença de Leão e do presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Leal”, revelou o político.

Ainda filiado ao PSL em Camaçari, como o Destaque1 revelou na noite desta terça-feira (13) [ver aqui], Fabio Lima garantiu que já entregou a carta de desfiliação à direção do PSL, no entanto, confirmou ter conhecimento da permanência de seu nome no cadastro da legenda, conforme sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas disse que hoje encaminhou uma nova carta de desfiliação ao diretório do PSL no município.

Revolta

Indignada com a movimentação política de Fabio Lima, após o Destaque1 noticiar a formação do bloco de centro composto pelo Solidariedade, PP e PRTB [ver aqui], Angélica Bittencourt afirmou que nunca autorizou o político a falar em nome do PP. “Fábio Lima não pode falar em nome do PP pois nem filiado ao PP ele não é. Sou presidente do PP”, disse a empresária.

Bittencourt ainda tentou descredibilizar a publicação, mas apenas expôs a disputa interna da legenda. “Boa noite a todos os progressistas de Camaçari, eu, Angélica Bittencourt, presidente do PP em Camaçari em exercício, repudio essa nota em que coloca nosso partido em bloco de centro, pois as ações realizadas pelo PP em Camaçari enquanto eu for presidente serão tomadas pelo grupo Progressistas que se reúne terça-feira na sede do nosso partido e não permitirei que sejamos massa de manobra de ninguém que não respeita a nossa opinião e as pessoas que compõem o partido em Camaçari”. O deputado Niltinho classificou o comportamento como fruto de inexperiência.

Estratégia

O Destaque1 havia apurado que a articulação empreendida por integrantes do PP em Camaçari junto ao bloco de centro teve o aval de membros da direção estadual do partido. A informação foi confirmada hoje pelo deputado estadual Niltinho. “Estamos abertos ao diálogo. Essa união de forças é muito bem vinda, a partir do momento que duas ou mais legendas se juntam demonstra uma maior musculatura”, frisou.

O deputado também fez questão de ressaltar o protagonismo do Partido Progressista na Bahia e a importância que Camaçari possui para a legenda. “Não vamos admitir que o PP seja tratado como um partido pequeno, ou de aluguel, o PP é um partido grande, com o vice-governador da Bahia, deputados, presidente da Assembleia Legislativa, e Camaçari é uma cidade estratégica na Região Metropolitana, muito importante por todas suas características. Fabio será candidato para ganhar eleição”, finalizou.

*Lenielson Pita é jornalista e editor do Destaque1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.