Fiquem conectados conosco

Geral

Camaçari adere a novo programa habitacional que substitui o Minha Casa Minha Vida

Para estarem aptas, as famílias devem ter renda mensal de até R$ 2 mil.

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Habitação (Sehab), informou nesta terça-feira (30) a adesão ao Programa Casa Verde e Amarela, lançado pelo governo federal para substituir o Minha Casa Minha Vida. Desse modo, o município está apto para receber propostas relacionadas a programas de habitação de interesse social por parte de empresas privadas. Nessa primeira etapa, o Casa Verde e Amarela engloba dois eixos de ação: regularização fundiária e reforma de moradias.

De acordo com o governo municipal, após a apresentação das propostas por parte das empresas privadas e validação por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), as famílias de baixa renda que se enquadrem nas áreas contempladas no programa poderão se habilitar para ter acesso ao benefício.

A meta é fornecer a certidão de titularidade de imóvel a 2.500 famílias por ano. “Após essa fase e a inscrição dos agentes promotores, faremos uma seleção das famílias para ver quais se encaixam nos critérios do programa. O programa será desenvolvido através do convênio entre as empresas privadas, a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura, com documentação e avaliação social do município”, explicou titular da Sehab, Vivian Angelim.

O prefeito Elinaldo Araújo (DEM) pontuou que o programa é uma oportunidade para melhorar a vida de famílias que, com muito esforço, constroem suas casas e não conseguem regularizar o imóvel ou até mesmo terminar a obra. “Além de oportunizar o investimento em seus bens, o programa ainda dá oportunidade para pequenas e microempresas realizarem a obra, o que deve movimentar a economia local através da compra em lojas de material de construção”, esclareceu.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), a intenção é iniciar o processo de regularização fundiária de mais de 100 mil imóveis de famílias de baixa renda até o fim de 2021. Ainda segundo o órgão, as áreas deverão estar ocupadas, na maioria, por famílias de baixa renda. Não poderão ser incluídas casas localizadas em áreas não passíveis de regularização ou de risco.

Para estarem aptas, as famílias devem ter renda mensal de até R$ 2 mil, precisam estar inseridas no CadÚnico do governo federal e não podem possuir outro imóvel; o proprietário deve ser maior de 18 anos ou emancipado.

Publicidade
Artigo8 horas atrás

Equipes baianas avançam nas copas e criam expectativas positivas para os torcedores, por Fábio Sena

Saúde1 dia atrás

Registro de casos ativos de Covid-19 em Camaçari recua neste sábado

Esporte1 dia atrás

Vitória empata contra o 4 de Julho e se classifica para as quartas de finais da Copa do Nordeste

Esporte1 dia atrás

Copa do Nordeste: de virada, Bahia vence o ABC e se classifica para próxima fase

Artigo1 dia atrás

Opinião: Fabio Vilas-Boas prioriza vacinação contra Covid-19 na capital em detrimento de Camaçari e outros municípios

Camaçari1 dia atrás

Funcionários da VSA denunciam atrasos de salários e suspensão de benefícios

Bahia1 dia atrás

Moradores recebem títulos de propriedade definitiva das residências em Mata de São João

Geral1 dia atrás

Camaçari terá fortes chuvas nos próximos dias e Defesa Civil alerta sobre cuidados necessários

Camaçari1 dia atrás

Coronavírus: 88 novos casos e três óbitos são contabilizados em Camaçari

Esporte2 dias atrás

Com investimento de R$ 6,2 milhões, Estação da Cidadania – Esporte é inaugurada em Arembepe

Cultura2 dias atrás

Elinaldo confirma que governo vai iniciar estudos para realização do Camaforró em 2022

Política2 dias atrás

“O nosso município já tem o Bolsa Social”, rebate Elinaldo sobre proposta para criação de auxílio emergencial

Política2 dias atrás

Em Camaçari, João Roma afirma que governo federal enviou mais vacinas do que a quantidade aplicada pelos municípios

Política2 dias atrás

“Se Camaçari fez, está de parabéns”, diz Gilson Machado após criticar medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos

Camaçari2 dias atrás

Passeata pede justiça por Ângela Passos na próxima terça-feira em Camaçari

Dias d'Ávila2 dias atrás

Vacinômetro: Dias d’Ávila avança mais de 64% na vacinação contra a Covid-19

Entrevistas2 dias atrás

“Quero deixar uma Câmara diferente da que eu encontrei”, enfatiza Júnior Borges

Saúde2 dias atrás

Dias d’Ávila: confira lista das farmácias de plantão em abril

Camaçari2 dias atrás

Defesa Civil de Camaçari alerta para fortes chuvas até domingo

Camaçari2 dias atrás

Eleições 2022: candidatura a deputado estadual depende de decisão do grupo político, declara Júnior Borges

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. _____________________________

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.