Bahia perde para o Santos em jogo com anulação polemica do VAR

Tentando a reabilitação no Campeonato Brasileiro, o Bahia viajou até São Paulo para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro nesta quinta-feira (31).  O clube acabou sendo derrotado por 1 a 0 com direito a polêmica sobre a intervenção do VAR.

A partida teve supremacia dos donos da casa e o Tricolor aparentou estar perdido em campo. Falhas da defesa do Bahia eram recorrentes, obrigando o goleiro Douglas a fazer defesas difíceis. O Santos ainda teve um gol anulado após bate rebate, mas os primeiros 45 minutos terminaram empatados.

Após o intervalo, o Peixe voltou mais ofensivo e não demorou muito para abrir o placar com Carlos Sanches, após marinho sofrer pênalti. O jogo chegou ao empate no final da segunda etapa, mas o VAR anulou o que seria o empate do Tricolor fora de casa. Após a partida, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani criticou a arbitragem.

“Ficam uns merdinhas na p*** da cabine do VAR decidindo que horas a bola sai do pé do atacante para ver se marca impedimento ou não. Ali ele decide se vai botar um milímetro na frente ou não. Veja o lance que o VAR usou para marcar impedimento. A bola tinha saído do pé de Marco Antônio. Uns merdas vêm decidir quem ganha o jogo. A CBF vai ter que responder, porque, na hora de pedir apoio do Bahia, pede. Numa hora dessa, faz um escândalo desse. Qualquer um que entra no campeonato para abalar o sistema, a CBF faz isso. Esses merdas têm que provar que a bola, quando saiu do pé e a hora que paralisou a merda da jogada. Vão ficar jogando videogame e determinando quem ganha e quem não ganha. É só olhar a hora em que a bola sai do pé de Marco Antônio. Não tem mais mesma linha. Não existe mais. Acabou. Coloca quem vai ganhar, bota videogame para manipular o VAR e suspende o campeonato”, comentou Bellitani.

No próximo domingo (3) o Bahia enfrenta o Cruzeiro no Mineirão, às 19h. O Santos encara o Botafogo também no domingo, no mesmo horário.

Leia também 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.