Fiquem conectados conosco

Destaque

Bahia embalado e Vitória instável, no resumo do futebol baiano no fim de semana

Fabio Sena

Publicado

-

Um Bahia que faz seu torcedor sonhar. Essa é talvez a melhor definição desse Bahia comandado por Roger Machado. A cada rodada do Brasileirão da Série A, o Tricolor baiano demonstra maturidade para enfrentar qualquer adversário na competição. Bem verdade, que os investimentos de equipes como Flamengo e Palmeiras são superiores ao do Bahia, porém, essa diferença não se traduziu dentro das quarto linhas.

O que tem sido apresentado por Roger rodada a rodada é uma capacidade de primeiro tentar limitar as principais ações ofensivas do adversário e posteriormente contra-atacar de maneira rápida e organizada. Nem sempre essa estratégia deu certo, como por exemplo no jogo decisivo contra o Grêmio na Copa do Brasil. No entanto, o balanço é de longe com saldo positivo para o Tricolor, que no último sábado, contra o Atlético-MG, venceu por 1 a 0, com mais um gol de Gilberto, que faz um campeonato sensacional. Foi a primeira vitória fora de casa do time no campeonato, que segue na primeira parte da tabela, agora na oitava colocação.

É importante destacar a bela partida do goleiro Douglas, que mais uma vez, mostrou segurança quando a equipe mais precisou dele. O próximo adversário do Tricolor será o CSA, em casa, no próximo sábado (31), às 17h, com expectativa de casa cheia.

Enquanto isso, no Barradão…

O Vitória jogou em casa e ficou apenas no empate contra o Operário-PR. Mais uma vez, a equipe oscilou bastante durante a partida. De um belo primeiro tempo a um segundo tempo sofrível. O torcedor Rubro-negro que compareceu em bom número no Barradão saiu chateado com a postura da equipe e na bronca com o técnico Carlos Amadeu que recebeu uma sonora vaia ao final do jogo por promover algumas mudanças que não surtiram o efeito esperado durante a partida.

A verdade é que o Vitória jogou duas partidas seguidas dentro do Barradão e perdeu uma chance importante de se afastar de vez do Z4 e iniciar o segundo turno com pretensões a altura do clube. No jogo contra o Operário, ficou claro que quando Felipe Gedoz não está em um dia inspirado o poder de criação do Rubro-negro fica muito aquém das expectativas do seu torcedor. Inclusive, para o próximo confronto contra o Curitiba, vice-líder da competição, Amadeu não contará com criatividade de Gedoz e com a força do capitão Baraka. O jogo vai acontece nessa terça (27), às 19h15, no Couto Pereira, em Curitiba.

Fabio Sena é administrador  de empresas com pós-graduação em Gestão  da Produção. Camaçariense com muito orgulho e fanático  por futebol. Escreve todas as segundas-feiras. @equipegolfc,  jornalismo@destaque1.com

Continue lendo
publicidade
MARCO PAVÃ 300X250
CAMAÇARI CARD
SORTEIO CAMAÇARI SHOP

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.