Arembepe é atingida por óleo que afeta praias do Nordeste

Na manhã desta quinta-feira (10), um popular registrou a chegada do óleo que atinge o litoral do Nordeste na praia de Arembepe, em Camaçari. Outras praias da Bahia já haviam sido afetadas, como Praia do Forte, Guarajuba e Itacimirim.

 

Em todo o litoral do Nordeste, mais de 130 praias foram afetadas pelo óleo, que já está sendo investigado por pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (Ufba). Ainda não há informações sobre a procedência da substância.

O óleo é uma ameaça à vida marinha. De acordo com especialistas, o petróleo cru pode prejudicar a digestão dos animais e o desenvolvimento de algas, que são essenciais para a cadeia alimentar das espécies. Além disso, alertam, que há possíveis riscos para a saúde humana. Banhistas devem se manter alerta e não realizar contato com a substância.

Praia de Guarajuba. Foto: Reprodução

Na última segunda-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) se isentou da responsabilidade sobre o caso. “Não é do Brasil, não é responsabilidade nossa. A análise continua para saber se a gente consegue detectar de que país é, da onde veio, qual navio petroleiro que derramou esse óleo lá”, declarou.

Ação municipal 

Nesta quarta-feira (10), a Prefeitura de Camaçari realizou uma reunião com representantes de outras cidades da região que tiveram praias atingidas pelo óleo.

De acordo com o Governo Municipal, após a identificação das manchas, órgãos ambientais, Capitania dos Portos e Marinha foram comunicados, solicitando o acompanhamento e a orientação para limpeza e proteção dos locais.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) definiu durante a reunião, ações imediatas para gerenciamento de crise. Serão mutirões de limpeza de praia e cada município precisa disponibilizar uma área de deposição de resíduos temporária.

Está prevista para esta sexta-feira (11), a extração das manchas localizadas e a triagem das praias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.