Após ser acusado de agressão, Devinho Novaes é retirado da programação do Camaforró

Na manhã desta sexta-feira (7), a Prefeitura de Camaçari informou em nota, que o show de Devinho Novaes, programado para o dia 22 de junho, no Camaforró 2019 foi cancelado. O governo justificou o corte devido a denúncia de agressão da ex-namorada do cantor. A Prefeitura declarou que repudia qualquer situação de violência e incentiva que mulheres que passam por essa situação denunciem seus agressores. A gestão municipal ainda esclareceu que haverá substituição de Devinho Novaes por outra atração, e que a programação do Camaforró não será prejudicada.

Nesta quinta-feira (6), a modelo Aylle Santiago, ex-namorada do cantor, utilizou as redes sociais para denunciar as agressões sofridas durante o relacionamento. Aylle relatou que durante os nove meses de namoro, Devinho agia de forma agressiva e compartilhou trechos de conversas entre os dois, em que o cantor se referia a ela com diversos xingamentos. A modelo também compartilhou fotos em que aparece machucada e uma foto em que um homem, supostamente Devinho Novaes, aparece armado.

Um comentário em “Após ser acusado de agressão, Devinho Novaes é retirado da programação do Camaforró

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.