30M: “A nossa luta não pode cessar”, enfatizam estudantes sobre manifestação desta quinta-feira

Estudantes e professores seguem em manifestação contra os cortes feitos pelo Ministério da Educação (MEC) nos institutos e universidades federais. No dia 15 de maio ocorreu a “Greve Nacional Pela Educação” e nesta quinta-feira (30) os estudantes prometem voltar às ruas. Em Camaçari, será realizada na Praça Montenegro, às 9h, uma aula pública e um sarau com objetivo de protestar contra os contingenciamentos.

Alunos do campus Camaçari do Instituo Federal da Bahia (IFBA) afirmam que o objetivo da manifestação é “informar o povo camaçariense acerca dos cortes direcionados às nossas instituições com um ato pacífico de aula pública e sarau”.

A organização também afirma que a decisão de aderir às manifestações do dia 30 é para provocar alguma reação nas autoridades. “Em reuniões, decidimos aderir à manifestação convocada pelo UNE [União Nacional dos Estudantes] e UBES [União Brasileira dos Estudantes Secundaristas] neste dia 30 porque a nossa luta não pode cessar. As mobilizações têm de ser contínuas para conseguirmos provocar alguma reação das autoridades”.

Os alunos ainda expressam que após o anúncio dos cortes, o clima no instituto é de tensão. “Nós ficamos arrasados, para muitos, o IFBA, UFBA [Universidade Federal da Bahia] ou a UNEB [Universidade Estadual da Bahia], vítima de cortes provenientes do governo estadual, são a única oportunidade de conseguir algo a mais da vida, e eu me incluo nisso. Os estudantes e professores do IFBA, por exemplo, desde o anúncio dos cortes se debilitaram e a energia no campus está realmente ruim”.

No dia intitulado como 30M, as manifestações ocorrerão por todo país e além de Camaçari, haverá protesto também na capital baiana. Em Salvador, a paralisação será a partir das 10h, na Praça do Campo Grande. No mesmo dia ainda estão previstos protestos contra a Reforma da Previdência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.