Sirlene Assis é a nova ouvidora-geral da DPE/BA

Após sabatina, o Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) escolheu a candidata Sirlene Assis, que foi a mais votada na formação da lista tríplice pelas entidades sociais, como a nova ouvidora-geral da Defensoria para o biênio 2019-2021.

Sirlene recebeu cinco votos, contra dois votos dados a Maura Cristina. Também participou da votação a candidata Iraildes Nascimento. Sirlene substitui a socióloga Vilma Reis, empossada no cargo em 2015, e reconduzida ao posto no biênio em 2017/2019.

“Tenho certeza que vocês continuarão lutando em prol da população baiana. E que ajudem a Defensoria a se colocar no caminho, não se desviar, sempre lembrar do motivo pela qual ela existe”, declarou o defensor público geral, Rafson Saraiva Ximenes, que conduziu a sabatina e votação feita pelos integrantes do Conselho Superior da DPE/BA nesta terça-feira (7) na sede da instituição, no CAB, em Salvador.

Após ser anunciada como nova ouvidora-geral da DPE/BA, Sirlene falou sobre a responsabilidade de assumir o cargo e do seu compromisso em fortalecer, ao lado da Defensoria, a Ouvidoria Cidadã.

“Tenho que, antes de tudo, parabenizar Vilma Reis e Tânia Palma pelo excelente trabalho que fizeram na Ouvidoria, e a todos que vêm ajudando a construir esse caminho desde 2009. Quero reafirmar nosso compromisso para ajudar a fortalecer a DPE/BA, além de convidar todas candidatas a nos ajudar, para juntas construirmos uma Ouvidoria ainda mais plural, a cada dia mais criando pontes e redes”, declarou.

Sirlene ainda falou sobre alguns de seus principais objetivos no cargo, como lutar pela expansão da DPE/BA no estado e manter um diálogo constante com os movimentos sociais.

“A ampliação da Defensoria no interior da Bahia é fundamental para o acesso aos direitos e a dignidade humana das pessoas, que são excluídas historicamente. Além disso, quero reafirmar nosso compromisso com a sociedade e os movimentos sociais. Assim, vamos fortalecer essa grande rede de diálogo, encaminhamento, escuta e valorização de todo povo baiano”, finalizou.

Sirlene Assis

Sirlene Vanessa de Souza Assis tem 36 anos e é mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares em Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM-UFBA). Sirlene é também especialista em Gestão de Políticas Públicas de Gênero e Raça (NEIM – UFBA). Sua graduação é em Serviço Social pela Universidade Católica do Salvador (Ucsal). Já foi secretária executiva do CDDM-Secretária Estadual de Política para Mulheres e atualmente é presidente na Bahia da União de Negros pela Igualdade (UNEGRO).

Ouvidoria Cidadã

Segunda mais antiga entre as ouvidorias externas do país, a Ouvidoria da DPE/BA completou dez anos de existência em fevereiro deste ano. Com o slogan “Ouvidoria Cidadã – Sem Ouvidoria externa não há democracia nem justiça”, tem o fundamental papel na Defensoria de ser a ponte com a sociedade civil, recebendo e encaminhando solicitações, dúvidas, sugestões, reclamações e denúncias, mas também com forte atuação externa, principalmente em suas audiências públicas.

*Fonte: Ascom DPE/BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.