Presidente eleito, Bolsonaro diz que irá governar o Brasil seguindo ensinamentos de Deus e a Constituição

Eleito o novo presidente do Brasil no segundo turno das eleições, neste domingo (28), Jair Messias Bolsonaro (PSL) obteve 57.797.456 votos, 55,13% dos votos válidos. Já Fernando Haddad (PT), conquistou 47.040.819 votos, 44,87% do total.

Em transmissão ao vivo na sua página no Facebook, Bolsonaro agradeceu os internautas e eleitores pelo apoio e confiança e garantiu que irá mudar o destino do país ao lado do povo.

“Não poderíamos mais continuar flertando com o socialismo, com o comunismo e com o populismo da esquerda […] O que eu mais quero é, seguindo os ensinamentos de Deus ao lado da Constituição brasileira, inspirando-se em grandes líderes mundiais e com uma boa assessoria técnica e profissional ao seu lado, isentas de indicações políticas de praxe, começar a fazer um governo a partir do ano que vem que possa realmente colocar o nosso Brasil no lugar de destaque. Temos tudo, tudo para sermos uma grande nação”, falou.

Jair Bolsonaro venceu em 16 estados da federação, enquanto Haddad esteve em 1º lugar em 11. No Nordeste, o PT venceu em todos os estados. Na Bahia, por exemplo, Fernando Haddad saiu do segundo turno com um pouco mais de 5,4 milhões de votos (72,69%) e o pesselista com cerca de 2 milhões (27,31%). Assim como no 1º turno, o petista venceu em todas as zonas eleitorais de Salvador.

No discurso, após a derrota, Haddad garantiu que continuará lutando pelo desenvolvimento do Brasil e agradeceu aos diversos grupos caminharam ao seu lado durante a campanha. “Sei que dos 45 milhões de eleitores que nos acompanharam até aqui, muita gente não é de partido político, muita gente não é de associação, sobretudo na última semana o que nós vimos foi a festa da democracia nas ruas do Brasil. Gente que saiu às ruas […] e passou a panfletar o país inteiro ou colocar um banco na praça, colocar um cartaz no pescoço, e passou a dialogar e reverter o quadro que se anunciava na primeira semana do segundo turno. E houve uma reversão muito grande em função da conscientização de boa parte do Brasil”, lembrou. “Eu coloco a minha vida à disposição desse país. Não tenham medo, nós estaremos aqui”, completou.

Brancos e nulos

Os votos brancos somaram mais de 2,4 milhões, o equivalente a 2,14%. Já os nulos chegaram a 8,6 milhões, 7,43%.

Mais de 31 milhões de eleitores se abstiveram de votar no segundo turno das eleições e cerca de 115 milhões compareceram às urnas ontem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.