“O sucesso da prova está em você se sentir preparado”, afirma professora Josinete Evangelista sobre o Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. A prova visa avaliar a qualidade do ensino médio no Brasil. O Enem será aplicado a 5,5 milhões de candidatos em todo o país nos dias 4 e 11 de novembro. Faltando oito dias para o exame, muitos alunos criam expectativas nos dias próximos da prova, algo que pode não ser favorável.

Educadora há 20 anos, a professora de português Josinete Evangelista, ressalta a importância de estar preparado para realizar a prova do Enem com segurança e tranquilidade. “O aluno precisa descansar um dia antes da prova, estar tranquilo, se alimentar bem nesse período e estar dormindo bem. É importante que o aluno esteja e se sinta preparado”, afirma a professora.

Além disso, Josinete também aconselha que “os alunos tenham uma leitura atenta na hora da prova. É preciso entender o que a questão estar pedindo. Existem erros muito comuns de falta de interpretação e falta de atenção. É bom que o aluno antes de tudo leia atentamente toda a prova e só depois disso comece a responder. É sempre bom fazer um planejamento do que deve ser feito e fazer a redação por último, já que nas questões pode surgir informações que irão auxiliar na hora da redação. As questões podem ser respondidas mais fáceis quando o aluno usa a eliminação, assim ele terá mais chance de encontrar a alternativa correta”.

Josinete Evangelista, professora de português.

Ter um bom conhecimento empírico e uma boa bagagem literária é um aspecto indispensável. “Quanto mais o aluno ler e quanto mais ele busca conhecimentos de diversas áreas, é melhor para ele. Um texto que começa com referências de outras áreas já é um ponto positivo para esse aluno. Além disso, a organização do texto não pode ser esquecida. O texto deve ter introdução, desenvolvimento e conclusão, sem rasuras, com os parágrafos ajustados e com a letra legível”, diz Josinete.

“A introdução é o quadro onde os alunos mais apresentam dificuldades. Começar o texto é sempre o mais difícil, mas isso nada mais é que uma síntese da abordagem. Deve existir um cuidado para não ser usada no texto a primeira pessoa. Citar referências e trazer citações na introdução, já é algo que chama atenção para o professor que está corrigindo a prova. O sucesso da prova está em você se sentir pronto, preparado. Mostrar um universo amplo de conhecimento é fundamental,” conclui.

Regras do Enem

É proibido o acesso às salas portando boné, borracha, lápis, chaves, relógio, celular, qualquer tipo de rascunho e óculos escuro. Só será permito uso de caneta esferográfica de tinta preta e com material transparente. É aconselhável que o candidato apresente o cartão de confirmação da inscrição.

Documentos válidos

Os candidatos precisam ter em mãos documentos de identificação como: cédulas de identidades expedidas por secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal, identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, protocolo provisório de solicitação de refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal, carteira de registro nacional migratório, documento provisório de registro nacional migratório, identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade, carteira de trabalho e previdência social, certificado de dispensa de incorporação, certificado de reservista, passaporte, carteira nacional de habilitação com fotografia, identidade funcional.

Confira os horários das aplicações das provas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.