Mais de 1 milhão de idosos ainda não fizeram inscrição do Cadastro Único

As inscrições do Cadastro Único encerram dia 31 de dezembro desse ano. Mais de 1,7 milhão de idosos e pessoas com deficiência devem fazer o cadastro que dá acesso a programas sociais do governo federal. O registro é obrigatório. Até o momento, mais de 2,8 milhões de pessoas já registraram as informações junto ao governo.

O valor de um salário mínimo é pago mensalmente a idosos acima de 65 anos que não tenham o tempo mínimo de contribuição previdenciária para se aposentar, e pessoas com deficiência que possuem renda familiar de até R$ 238. O auxílio é voltado às pessoas de baixa renda.

Para se inscrever, os dependentes do Benefício de Prestação Continuada (BPC) devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou a Secretaria de Assistência Social do município. É necessário ter em mãos o Cadastro de Pessoa Física (CPF), o registro geral (RG) e o comprovante de residência.

Qualquer responsável familiar pode fazer a inscrição, desde que tenha em mãos os documentos de todas as pessoas que moram com o beneficiário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.