Jackson questiona cortes nas universidades federais e reforma da Previdência

Na sessão realizada nesta quinta-feira (9) o vereador Jackson Josué (PT) questionou recentes medidas do Governo Federal como os cortes nas universidades federais e a proposta de reforma da Previdência. “Não posso me acovardar dos fatos que acontecem no nosso país”, disse.

Para o petista, os cortes nas universidades federais são inaceitáveis. “Estamos vendo a destruição dos sonhos dos jovens que querem entrar na universidade, e isso é inaceitável, a educação é a base de tudo. Esses cortes nas universidades federais mostram que a elite não quer mais o pobre, não quer o negro nas universidades, e isso é repercussão da eleição, a última eleição pregou muito ódio”, enfatizou

Ao falar da reforma da Previdência, o Jackson disse que certos pontos são necessários, no entanto, grande parte das modificações não serão benéficas para a o população. “A reforma da Previdência proposta para o nosso povo, o próprio ministro Paulo Guedes, afirmou ontem na votação, que não sabia de determinados pontos propostos. Tem coisas que realmente são necessárias e tem que ser feitos, mas a maioria, não é para beneficiar grande parte da população, e sim, a elite. Esses pontos que não são falados prejudicam aqueles que mais precisam”, pontuou o vereador. A fala do petista ocorreu após a ordem do dia da sessão, em assuntos gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.