“Eu vou continuar na mesma linha”, dispara Oziel após votar contra o governo

Em tom de despedida e após votar contra o Projeto de Lei do Executivo Municipal que propõe a cobrança de taxa de publicidade em espaços públicos de Camaçari, o atual presidente da Câmara de Vereadores de Camaçari, Oziel Araújo (PSDB), fez uma breve análise da sua trajetória à frente da Casa durante os dois últimos anos e dos escândalos enfrentados nesse período, entre eles o projeto de lei engavetado que previa a reeleição da mesa diretora na mesma legislatura.

“Nas últimas semanas nós tivemos aí várias postagens, matérias que discutiam sobre o meu posicionamento e a dúvida a cerca de como eu poderia me conduzir sobre a sucessão da mesa dessa Casa. Mesmo colocando publicamente a minha posição de que não seria candidato ou, ainda, que me colocaria ao lado do grupo, em consenso a uma representação…, infelizmente a gente acompanhou aí de forma muito desastrosa vários comentários, como se de fato a gente quisesse se colocar mais uma vez à reeleição da mesa da Câmara”, se defendeu.

“A Câmara foi uma experiência riquíssima e não converto a experiência riquíssima em ganhos econômicos, mas principalmente em conhecimento”, completou.

Após ler um trecho da Bíblia, o tucano afirmou que não abre mão dos seus valores “por um cargo momentâneo” e que teve autenticidade naquilo que se propôs a fazer neste biênio e desde o seu primeiro mandato. “Quem me trouxe aqui vai garantir a minha permanência e vai estabelecer o fim. A minha fé, a minha crença está aqui na palavra de Deus, me conduzo por ela nas minhas palavras e nas minhas ações”, pontuou. “Tenho responsabilidade para com as pessoas que elegeram a mim o seu voto”, disse.

“Eu vou continuar na mesma linha, na mesma posição. Consciente de que esse mandato não é meu, é do povo de Camaçari e eu vou continuar trabalhando pelo povo de Camaçari”, finalizou.

Oziel está no seu segundo mandato como vereador e deixa a presidência da Câmara no dia 31 de dezembro. A partir de 1 de janeiro de 2019 quem passa a ocupar o cargo é o atual líder do governo, o vereador Jorge Curvelo (DEM).

Leia também

Chapa única: definidos os nomes que irão compor a nova mesa diretora da Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.