Camaçari: usuários do transporte público criticam mudanças nas linhas e extinção do TIR

Com a mudança do trânsito na cidade, o roteiro do transporte público em Camaçari também mudou. Usuários do serviço público questionam e criticam as mudanças nas linhas que circulam pela sede.

Além disso, a partir do dia 5 de novembro, o transporte público passará a funcionar de forma integrada em diversos locais da cidade. Qualquer ponto de ônibus do município servirá de local para um novo embarque, de forma gratuita, caso esteja dentro do período de 40 minutos (adotado durante a fase de experiência do novo sistema). Sendo assim, o Terminal de Integração Rodoviária (TIR), será extinto.

A integração só poderá ser feita por quem possui o Camaçari Card, cartão de passagem municipal, e já tenha utilizado um primeiro registro no dia, o que significa ter pago a passagem.

A estudante, Ana Lúcia, contesta as medidas que teriam aumentado ainda mais o tempo de viagem. “Todos os ônibus tiveram que aumentar sua rota. Com toda essa mudança nas ruas, em quase todos os lugares é contramão. Os ônibus que vão para o Limoeiro agora demoram quase 15 minutos a mais do que o normal. É exaustivo e cansativo pra gente”.

“A circulação de micro-ônibus está sempre com lotação. É praticamente uma viagem ao centro da cidade, só para chegar até o TIR. Sinceramente isso só está atrapalhando a gente. Os ônibus demoram de chegar, os fiscais não sabem responder às nossas questões e está tudo um transtorno”, critica a autônoma, Lúcia Santos.

A dona de casa Rosa Gomes, diz que o projeto deve ser mais amplo. “Essa ideia de fazer a integração em qualquer ponto é ótimo, mas tem lugares que nem são pontos de ônibus. Uns têm só a placa, outros não têm nenhuma sinalização, são poucos os pontos de ônibus que têm placa, assento e cobertura”, analisa.

Passageiros reclamam da estrutura dos pontos de ônibus e do longo tempo de viagem. Foto: Beatriz Santos

Além dos passageiros, os vendedores ambulantes que vendem no TIR também avaliam o novo modelo. Seu José Lima vende na região próxima ao TIR há 3 anos e para ele a extinção do terminal irá prejudicar as vendas. “Se as pessoas não irão mais pegar o ônibus aqui, nós que estamos aqui lutando todos os dias, não teremos clientes. Essa mudança irá prejudicar a todos os trabalhadores ”, diz.

Para a vendedora Joseane Santana o Governo Municipal deveria se preocupar também com o comércio que se formou no local. “Dentro desse terminal é onde sai a fonte de renda de muitas pessoas. Essa área será extinta, as pessoas irão pegar o ônibus em outros pontos, mas e a gente que está aqui todos os dias, de domingo a domingo, debaixo de sol e chuva? Acho que deve sim mudar e haver uma melhoria. O que não deve é agir sem pensar no próximo. Acho que seria bom a prefeitura pensar em continuar seu projeto, mas sem tirar o TIR”.

Devido alguns transtornos, a Prefeitura de Camaçari decidiu reavaliar as medidas e está fazendo alguns reajustes no sistema de transporte público. Em nota, publicada no site da entidade, afirma que foram restabelecidos todos os horários que haviam sido suprimidos pela VCI dos itinerários dos bairros Lama Preta e Burissatuba, pela manhã e à noite, e proibida a circulação de micro-ônibus nos horários de pico em itinerários como, por exemplo, Parque Verde – Gleba E e C, Gleba E via PHOC, Verde Ville – Lucaia.

E mais, a mudança no itinerário TIR – HGC – LIMPEC – PARQUE DAS PALMEIRAS – POLOPLAST – TIR, que ao sair do TIR deixa de passar pelo centro da cidade, pegando a Rua Delegado Clayton Leão, cruzando com a Avenida Deputado Luís Eduardo Magalhães e em seguida fazendo o cruzamento na Rua Francisco Drumond, no intuito de reduzir o tempo em 20 minutos.

O comunicado ainda assegura que outras medidas serão tomadas para um melhor funcionamento do transporte público e fluidez no trânsito.

No entanto, a reportagem do Destaque1 entrou em contato com a Diretoria de Comunicação da prefeitura para obter maiores informações sobre o sistema de integração e até o fechamento desta matéria não obteve retorno.

Leia também

Camaçari: governo revê alterações no trânsito e transporte

Mudanças no Transporte Integrado tem início dia 5 de novembro

Camaçari: linhas de ônibus serão alteradas a partir do dia 20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.