Camaçari: laqueadura e mioma correspondem a 36% de cirurgias agendadas em mutirão

O Mutirão de Cirurgias Municipal que ocorreu entre os dias 19 e 22 de novembro em Camaçari registrou 1.056 acolhimentos com  872 pacientes já aptos para o procedimento cirúrgico. O objetivo da ação foi reduzir a fila de espera para os procedimentos cirúrgicos do SUS.

As cirurgias eletivas ofertadas foram de laqueadura tubária, histerectomia videolaparoscópica (mioma), vasectomia, hernioplastia (hérnia), colecistectomia videolaparoscópica (vesícula), hemorroidectomia e excisão de enxerto de pele (hemangioma nevus ou tumor).

Laqueadura e mioma foram os procedimentos mais procurados. Juntas, correspondem a 36% das cirurgias agendadas.

No total foram agendadas 86 cirurgias dermatológicas, 191 laqueaduras, 69 vasectomias,  121 colecistectomias (vesícula), 177 hernioplastias (hérnia), 195 histerectomias (mioma) e 28 hemorroidectomias.

De acordo com a diretora de Regulação SUS Municipal, Elba Brito, a partir de 3 de dezembro as cirurgias começam a ser realizadas no Hospital Centromed. A previsão da Secretaria de Saúde de Camaçari é que todas as cirurgias agendadas no mutirão sejam realizadas até a primeira quinzena de janeiro do próximo ano.

Um comentário em “Camaçari: laqueadura e mioma correspondem a 36% de cirurgias agendadas em mutirão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.