Baianão: com VAR, primeiro jogo da final termina empatado e campeonato será decidido na Fonte Nova

A primeira partida da final do Campeonato Baiano 2019 foi neste domingo (14), no Joia da Princesa, em Feira de Santana, e o jogo entre Bahia de Feira e Bahia terminou empatado em 1 a 1. A novidade ficou por conta da estreia do árbitro de vídeo (VAR) no Baianão.

Com tudo igual, o confronto continua em aberto e nenhum dos times está com a vantagem para o último jogo que definirá quem vai levar o título na Arena Fonte Nova, em Salvador, no próximo domingo (21). Um novo empate levará a decisão para os pênaltis.

O Bahia disputa o bicampeonato baiano consecutivo, o 48° na história do clube. Já o Bahia de Feira luta para repetir o feito de 2011 quando levantou o caneco pela primeira vez.

Bruninho abriu o placar para o Tremendão, ainda aos 26 minutos do primeiro tempo, com um golaço. Apenas aos 52 minutos do segundo tempo, Rogério deixou tudo igual para o Tricolor da capital.

O VAR atuou em lances decisivos. O VAR apontou impedimento do lateral da equipe, Jarbas, aos cinco minutos do segundo tempo e o gol foi anulado – esse seria o segundo gol do Bahia de Feira na partida. A tecnologia também ajudou o árbitro Ricardo Marques Ribeiro a não marcar um pênalti para o Esquadrão.

No segundo tempo, aos 39 minutos, o árbitro mostrou cartão amarelo para Ebinho por uma falta fora do lance. Porém , alertado pelo VAR, o juiz paralisou a partida para analisar as imagens e voltou atrás, anulou a advertência para Ebinho e expulsou Gabriel Bispo, que já tinha um cartão amarelo após ter cometido falta em lance anterior em cima de Douglas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.