Após tiroteio envolvendo fugitivos da Fundac em Camaçari, estudante do Dom Pedro II é baleado e morre; colégio suspende aulas

Sete adolescentes, fardados e desarmados, fugiram da unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) de Camaçari, no bairro do Santo Antônio, por volta das 19h, desta quinta-feira (14).

Acionada ainda na noite de ontem, a Polícia Militar efetuou buscas na região, mas não localizou nenhum dos foragidos até o momento.

De acordo com a Secretaria de Comunicação da Bahia, houve uma troca de tiros no bairro Jardim Brasília, entre policiais militares e membros de uma organização criminosa. Uma criança, que não era um dos adolescentes que evadiram da Fundac, deu entrada no Hospital Geral de Camaçari e foi a óbito. As circunstâncias da fuga e do tiroteio estão sendo investigadas.

A vítima é Hebert Felipe de Souza Silva, aluno do 5º ano do Colégio Dom Pedro II. A escola publicou um comunicado em razão a tragédia.

A impotência diante da morte é o que nos faz lembrar que somos humanos, e nos darmos conta de como a vida é frágil. Nesta hora de dor e angústia, todas as palavras são poucas para dar o devido conforto aos familiares e amigos

Em sinal de luto e respeito, a escola suspendeu as aulas do turno vespertino desta sexta-feira (15) e retorna normalmente na segunda-feira (18).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.