Após ter proposta de reeleição rechaçada, Oziel ataca imprensa de Camaçari

 

Por Lenielson Pita

Inconformado com a repercussão que teve a proposta de emendar a Lei Orgânica do Município para permitir a reeleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Camaçari na mesma legislatura, o presidente da Casa Legislativa, Oziel Araújo (PSDB), resolveu fazer uma transmissão ao vivo no facebook, nesta quarta-feira (7), às 21h, e acusar veículos de comunicação da cidade de “fakes news, notícias falsas ou notícias tendenciosas”.

O tucano iniciou a transmissão relacionando o resultado eleitoral em outubro com o isolamento que enfrenta na Câmara e a cobertura jornalística que a imprensa tem feito sobre a gestão da Casa. “Nós tivemos aí um resultado que não foi positivo para o nosso grupo, e alguns comportamentos começaram a vir aqui direcionados para descontruir a imagem que a gente tem construído nesse tempo”, disse.

Logo após, o político mostrou um jornal impresso, onde a matéria de capa aborda o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) sobre a aprovação com ressalvas das contas da Câmara referente ao exercício de 2017 e a multa de R$1,5 mil aplicada ao gestor pelas irregularidades.

Ainda sobre o parecer do TCM e repercussão na mídia, Oziel também atacou um portal de notícias, se referindo a matéria elaborada pelo veículo como tendenciosa.

Durante os 11 minutos de transmissão, sem citar o nome do site, o político fez alusão a outra nota que o desagradou quanto a repercussão da proposta de emendar a Lei Orgânica e viabilizar a reeleição da presidência durante o mandato vigente.

Por fim, o presidente da Câmara disse que a matéria publicada pelo Destaque1 sobre a acusação de que ele teria condicionado o retorno da discussão sobre o aumento do salário dos vereadores à aprovação da emenda de reeleição é mentira. Sobre isso, Oziel não disse que a reportagem esteve com ele nesta quarta-feira na Câmara, o entrevistou, e o deu a oportunidade de expor sua versão sobre o caso, conforme consta na matéria.

O processo de apuração da matéria elaborada pelo Destaque1 envolveu diversas fontes, inclusive, mais da metade dos vereadores, e teve início ainda na terça-feira, tendo sido concluída nesta quarta-feira, após a reportagem passar toda a manhã e início da tarde na Casa Legislativa.

Apesar das dificuldades em obter documentos oficiais da Câmara, o Destaque1 seguiu com a apuração e buscou ouvir a maioria dos vereadores. Todo o conteúdo da matéria se baseia em informações dos vereadores e dados levantados na própria Câmara.

Em nenhum momento a matéria informa que a proposta de emenda à Lei Orgânica faz referência ao aumento dos salários dos vereadores, como disse Oziel na transmissão. São projetos distintos. O aumento do salário dos vereadores foi aprovado em 2016, mas ainda precisa ser implementado, e para que isso aconteça depende da vontade política do presidente da Casa.

Se o vereador Oziel Araújo está isolado no fim da gestão na Câmara deve analisar sua conduta, não atacar a imprensa ou tentar colocar em xeque o trabalho sério e profissional que o Destaque1 empreende na cidade. Mais respeito vereador.

Quanto as interações na transmissão ao vivo do tucano, grande parte das menções são facilmente identificadas como de servidores comissionados de diversos setores da Câmara. Lamentável.

*Atualizada em 7 de novembro de 2018, às 23h43

Leia também

Oziel é acusado de condicionar aumento de salário dos vereadores à aprovação de reeleição da presidência

Um comentário em “Após ter proposta de reeleição rechaçada, Oziel ataca imprensa de Camaçari

  • quinta-feira, 8 de novembro de 2018 em 13:43
    Permalink

    Como se discutir aumento de vereadores? Os servidores públicos estão a três anos sem sequer ter a reposição de inflação por falta de verbas ora , o 💰 da câmara sai da mesma fonte! Então para vereador têm e para servidores não têm?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.